Seja bem vindo(a)!
Sábado, 16 de dezembro de 2017
Editor do site: Edmilson Carvalho

 
 

 A CÂMARA MUNICIPAL
 A CIDADE - DADOS GERAIS
 A PREFEITURA E AS OBRAS
 AS SECRETARIAS MUNICIPAIS
 BATE-PAPO
 COMÉRCIO / CLASSIFICADOS
 FOTOS DA PAISAGEM
 MAPA DO MUNICÍPIO
 O ARTESANATO - ARTE LOCAL
 O JORNAL DE BOTUMIRIM
 PATROCINADORES
 Resultado da eleição para PREFEITO e VEREADORES
 UNIBRÁS MARKETING LTDA
 USINA IRAPÉ

 MOVIMENTO POPULAR DE MONITORAMENTO POLÍTICO

Brainatwork Serviços Interativos


Matéria de Negócios

16/03/2008 - 23h15m

Matéria de Negócios PDF Imprimir E-mail

 

 

 

 

Aonde há competição
tem que haver diferenciação.

Leonardo Fontenele
arquiteto

Alguns dias atrás, lendo uma entrevista do professor Hermógenes – que é considerado o fundador da ioga no Brasil -ouvi uma palavra inventada por ele que me pareceu muito adequada:

Ele disse que o ser humano está sofrendo de Normose, a doença de ser normal. Ele explica que a pressão que existe sobre nós para sermos “normais”, comuns, iguais ao padrão vigente e viver seguindo as regras estabelecidas é enorme. Que apenas alguns poucos conseguem encontrar o caminho da originalidade e de uma personalidade própria - que é afinal de contas, o que nos torna diferentes uns dos outros e a cada pessoa, uma pessoa especial. Refletindo sobre o conceito, constatamos que não apenas as pessoas, mas os empreendimentos comerciais também sofrem – alguns em estado terminal – de “Normose aguda”. Todos já ouvimos falar sobre diferenciação, atendimento diferenciado, cliente diferenciado e por aí vai... Mas será que realmente os empreendimentos comerciais são concebidos e tocados desta forma? Quando realizamos o Coca-Cola World (atração corporativa da Coca-Cola Company, em Atlanta – EUA), muitas vezes ouvimos a referência ao fato que afinal de contas, a Coke é apenas um líquido escuro borbulhante. O que a torna especial são os atributos a ela ligados – e estes sim são a sua verdadeira “fórmula secreta”, algo tremendamente especial que só eles tem. São estes atributos que formam a mística do refrigerante e o torna um produto inacreditavelmente bem sucedido. Você já parou para se perguntar qual é a “fórmula secreta” do seu negócio? Algo que só a sua empresa possua? Qual é a característica especial que o torne verdadeiramente distinto da concorrência? Pois se hoje existe concorrência em demasia em todos os setores, sobram exemplos de “negócios-normose” – que se acham incrivelmente “diferenciados” apenas porque copiaram direitinho o que todo mundo faz. Abriram o manual e a cartilha be-a-bá dos negócios e raciocinaram: “Como os meus competidores estão montando os seus negócios? Oba, vou fazer igual! Vai ser um sucesso!!!”... Será? É necessário refletir que as expressões “diferenciação competitiva” e “qualidade percebida” são mais do que apenas expressões inteligentes e interessantes para se colocar na “missão da empresa”. Estas expressões exprimem um sentimento real que o consumidor possui e que vai determinar – de maneira definitiva – o fracasso ou o êxito de seu negócio. Aos que procuram nosso aconselhamento empresarial, lembramos que para o problema-concorrência a solução líquida e certa é planejar (ou se for o caso, replanejar) o seu negócio como uma oferta absolutamente original, distinta, interessante e aí sim, verdadeiramente diferenciada aos olhos do seu públicoalvo. E para os que desejam ter em mãos uma ferramenta realmente poderosa de diferenciação, entregamos a Arquitetura do Conteúdo. A Arquitetura do Conteúdo é a junção em doses exatas dos conceitos de Entretenimento, Arquitetura, Marketing e Arquitetura Cenográfica – utilizando-os como ferramenta de criação, design e planejamento de negócios. Esta intersecção de disciplinas e talentos não se reflete apenas em uma estética inovadora e sim em uma verdadeira revolução na forma de apresentar idéias e conteúdo em empreendimentos. O resultado disto é uma forma completamente inédita e incrivelmente eficaz de posicionar seu empreendimento comercial no mercado, seja ele já existente ou ainda a ser lançado.

Philip Kotler – o papa do marketing mundial – já previu, acertadamente, há muitos anos atrás que o público deseja – mais do que produtos e serviços, três coisas: uma identidade clara (alma da empresa), valores com os quais ele se identifica e coerência na concretização deste discurso (a tão propalada “experiência” de marca). Pois é exatamente isto que a Arquitetura do Conteúdo faz: constrói identidades e conecta o seu consumidor aos valores e idéias que sua empresa representa, fazendo com que ele prefira sua empresa (ou seu empreendimento) e a ela se fidelize. E tudo isto pela razão mais sólida e duradoura que um empreendimento pode querer: - Porque o consumidor acredita, gosta, se identifica e almeja perenemente as idéias e valores defendidos, pois são os mesmos que ele têm.
E acreditem, isto sim é que é diferenciação.
 Boa sorte nos negócios e na vida.  

 

Leonardo Fontenele é arquiteto com especialização em
Design de Entretenimento pela Universidade de Harvard (EUA)
e CEO da IMAGIC! - empresa dedicada ao planejamento de
negócios de Hotelaria, Lazer e Entretenimento e associada
da Jack Rouse Associates (EUA) – que é a firma líder mundial
em design de tematização e entretenimento.
Trabalhou na Walt Disney Imagineering, é correspondente
de revistas internacionais de entretenimento e Chairman para
a América Latina da Associação Mundial de Entretenimento
Temático (TEA).

Google
 
Web www.botumirim.com





Flog

.



x